Concurso para Aprendiz de Marinheiro

No começo de 2017, a Marinha anunciou o edital para processo de seleção com 1240 postos para aprendizes-marinheiros, sendo 248 vagas destinadas para negros.

Concurso para Aprendiz de Marinheiro

Estão aptos a passar por essa avaliação brasileiros, solteiros ou que não vivam em situação de união estável. A faixa etária deve ser acima dos 18 anos e inferior aos 22 anos. O candidato precisa ter finalizado o ensino médio até o período para a checagem de todos os documentos solicitados ao candidato.

Concurso para Aprendiz de Marinheiro

É necessário contar com bons antecedentes, não estar em situação de réu em nenhum processo penal, contar com o registro de Cadastro de Pessoas Físicas (CPF), documento de identidade com foto e dentro do prazo de validade.

Etapas do processo de seleção

A seleção dos candidatos a vaga de aprendiz de marinheiro conta com as seguintes fases: prova escrita, exame de saúde, avaliação de condicionamento físico, teste de competência psicológica, analise de dados históricos e também da documentação, sendo este último apenas na reta final do processo seletivo.

Ao todo, a prova escrita contará com 50 questões e 4 horas de duração. A prova será dividida entre 20 perguntas de Ciências (química e física), 15 questões de português e outros itens relacionados a matemática.

Vale destacar que o começo do curso está programado para a data de 22 de fevereiro de 2018.

Entenda como será efetuado

De maneira, geral, o Curso de Formação de Marinheiros para a Ativa será realizado nas Escolas de Aprendizes-Marinheiros (EAM), na modalidade de internato e pelo período de 12 meses.

A programação conta com 48 semanas, nas quais serão repassados os conteúdos de revisão do ensino fundamental, bem como as bases do conhecimento militar-naval.

No decorrer de todo o período de internato, o jovem aprendiz contará com uma remuneração mensal, além de dispor de alimentação apropriada, vestimenta do uniforme, assistência médica, atendimento odontológico, suporte psicológico, social e religioso.

Objetivo e localização das Escolas de Aprendizes-Marinheiros do Brasil

É importante frisar que as Escolas de Aprendizes-Marinheiros são locais para transmissão dos princípios e da disciplina da Marinha e contam com o propósito primordial de capacitar e formar novos membros para a Marinha Nacional.

Nos dias de hoje, há quatro unidades de EAM espalhadas pelos estados de Santa Catarina (cidade de Florianópolis), Espírito Santo (capital Vitória), Pernambuco (cidade de Recife) e no Ceará (capital Fortaleza).

Vale ressaltar que o candidato a aprendiz de marinheiro terá a possibilidade ou não de apresentar um lugar de sua escolha para passar pelo processo de formação para ser integrado a Marinha.

No entanto, o edital do processo seletivo deixa muito claro que a Marinha ainda conta com a possibilidade de encaminhar o cidadão para outra unidade de EAM. A grande oportunidade de que a escolha do candidato seja mantida é por meio de uma boa classificação, uma vez que o edital da Marinha prevê o atendimento desta demanda em decorrência do desempenho do inscrito.